Notícias

20.10.2016

Caixa com quatro LPs de Alceu inclui o raro disco feito em Paris em 1979

O título da caixa Alceu Valença 70 tem duplo sentido. O nome da caixa alude tanto aos 70 anos de vida do cantor, compositor e músico pernambucano Alceu Valença – completados em 1º de julho deste ano de 2016 – como ao fato de o produto embalar reedições, no formato de LP, de quatro álbuns lançados pelo artista na década de 1970.

Nas lojas em novembro, a caixa traz edições em vinil de 180 gramas dos álbuns Molhado de suor (1974), Vivo! (1976), Espelho cristalino (1978) e Saudade de Pernambuco (1979). Este último é o título mais raro e valioso dentre o lote de discos repostos em catálogo.
  
Gravado em Paris em 1979, com músicas autorais como Cana caiana e O ovo e a galinha, o álbum Saudade de Pernambuco foi arquivado na época por Alceu, tendo sido lançado no Brasil somente na segunda metade da década de 1990, em CD, em padronizada edição de coleção de discos de música sertaneja e forró produzida por jornal da cidade de São Paulo (SP). A edição em vinil de Saudade de Pernambuco incluída na caixa Alceu Valença 70 é a primeira a ser disponibilizada em escala nacional.
 
A caixa revitaliza todos os quatro álbuns individuais gravados por Alceu Valença nos anos 1970, década em que o artista estreou no mercado fonográfico com disco de 1972 dividido com Geraldo Azevedo.
 
 

Copyright © 2011     |     Café e Viola - Todos os direitos reservados     |     Telefone: (34) 3061-8192